Abertura de Empresa Empreendedor

Saiba como abrir uma empresa em sociedade

Abrir uma empresa com sócio pode ser uma opção vantajosa para quem almeja dividir responsabilidades, investir maior capital e, de quebra, ter uma parceria complementar decidindo o rumo do negócio.

Mas para que a sociedade empresarial dê certo, é necessário entender como funciona, escolher o sócio ideal, o modelo societário mais adequado e definir uma série de outros elementos.

Quais os principais tipos de empresa?

Antes de trazer alguns procedimentos que devem ser realizados para abrir uma sociedade, vamos conversar sobre os principais tipos de sociedade ou modelos societários existentes no Brasil.

Lembrando que a legislação brasileira e as burocracias envolvidas no processo de abertura de empresa do nosso país estão entre as mais complexas do mundo. Daí a importância de contar com um contador para ter orientação sobre qual é o tipo de sociedade mais alinhado aos seus objetivos.

Considerando isso, entre os principais modelos societários temos:

Sociedade Empresarial Simples: destina-se a prestadores de serviço em geral e deve estar registrada;

Sociedade Empresarial LTDA: a Sociedade Limitada geralmente é composta por dois ou mais sócios, define padrões/participação com base no valor investido por cada um deles;

Sociedade Empresarial em Nome Coletivo: constituída unicamente por pessoas físicas, com um dos sócios respondendo pelas obrigações;

Sociedade Empresarial S.A: pode ser de capital fechado ou aberto com a presença de pessoas físicas e jurídicas. As cotas dos sócios podem ser vendidas no mercado financeiro como ações.

Segundo o Sebrae, a Sociedade LTDA é o tipo de sociedade empresarial mais adotado no Brasil, sobretudo porque é um modelo que garante a proteção do patrimônio individual dos sócios. Assim, caso a empresa tenha dívidas, os bens individuais não serão utilizados para a quitação dos débitos.

Como abrir uma empresa em sociedade?

Escolha o sócio ideal

primeiro passo é escolher o melhor sócio para embarcar nesse sonho com você. Aqui, é importante considerar mais do que uma relação de amizade, mas se o profissional já tem alguma experiência ou partilha de objetivos e visão de negócio similares.
Ter as ideias alinhadas é um fator decisivo para minimizar o risco de conflitos e conquistar bons resultados com a sociedade empresarial.

Estabeleça os investimentos

Depois que escolher o sócio, é necessário estabelecer o valor que cada um irá investir no negócio.

Para evitar problemas futuros, o acordo deve firmar como ficará a empresa em caso de briga ou ruptura da sociedade e como cada sócio será remunerado.

Nas pequenas e médias empresas, por exemplo, há dois modelos de remuneração de sócios, o pró-labore e a distribuição de lucros.

O pró-labore funciona como o salário do sócio, ou seja, trata-se de um valor fixo mensal. Já a distribuição dos lucros prevê a repartição do valor que sobra dos pagamentos e do fechamento do balanço.

Faça um bom plano de negócios

Fazer um plano de negócios é essencial para definir os objetivos da empresa e quais passos devem ser dados para que eles sejam alcançados.

O ponto central é buscar informações detalhadas sobre aspectos como o segmento do negócio, os produtos/serviços a serem oferecidos, clientes, concorrentes e estudar até que ponto a ideia é viável.

Além disso, é nessa etapa em que começam a ser decididos o nome da empresa, o número de sócios, bem como as atividades e a sede onde elas serão realizadas.

Precisando de uma assessoria contábil? Entre em contato agora mesmo com a Miragers Serviços ContábeisClique aqui e envie uma mensagem via whatsapp.

Somos um Escritório de Contabilidade no Rio de Janeiro, especialistas em diversos segmentos.

Siga nossas redes sociais:

Acesse nosso Facebook: @miragersoficial

Acesse nosso Instagram: @miragersoficial